Skip to content

Minas Gerais

Ó, MINAS GERAIS!

As montanhas sinuosas
Cortam o horizonte,
Num Belo Horizonte
De cores naturais
De águas cristalinas
Dos olhos das meninas
Das Minas Gerais

Terra de ouro, de esmeraldas
Terra das riquezas
De encantos, de belezas
De sua antiga história
De gente tão hospitaleira

Essa gente bem brasileira
De rica e fina memória

Minas de mil poetas
De revolucionários
De casarões centenários


“Quem te vê não te esquece jamais”
Quem te visita se apaixona
Quem nasce aqui não te abandona
E Canta: “Ó, Minas Gerais!”

Poema de autoria de Paulo Gondim

%d blogueiros gostam disto: